quarta-feira, 11 de março de 2009

Bailado

Entre tropeços coreográficos,
voltas e piruetas na caixa
craniana, percebo os passos
infantis da minha loucura.
Ela - aprendiz.

Seus passos estão melhorando,
em breve haverá baile.

Um comentário:

Afobório. disse...

olá.

obrigado por seguir o meu blog.


quanto à loucura, acho que os bailes assim são singulares. e depois, quem nunca foi chamado de louco?

sorte e luz.